30.06.07

 

E agora começam a faltar as desculpas para não usar saltos ou para não ganhar juizo!!

 

-"Oh ninguém faz vinte anos!"

-"Eu faço!!"

 

Vinte anos!

publicado por hanna às 00:52

29.06.07

 

Paciência - Lenine

tags:
publicado por hanna às 15:53

Férias sem telemóvel?Sonho de muitos mas não o meu!Em menos de 15 dias fiquei sem dois!Um teve um pequeno(!) acidente(culpa minha).O outro ficou com alguém,algures entre os restauradores e Bélem(O outro ficou com alguém é sinonimo de roubado/culpa minha outra vez).E se no primeiro fiquei com uma certa raiva da minha pessoa no segunda só me preocupei com a perda do meu rico cartãozinho que continha os meus ricos numerozitos!Mas pronto moral deste post: ficar mais de dois dias sem telemovel é um tédio,um estilo de pequena maldição. Como é que se combina o jantar de amanha? Como é que combina as tardes de compras? Os cafés? Como é que sabe onda está a irma que saía ás oito do emprego mas que afinal saiu não sei quantas horas depois? O msn não é perfeito e sim para mim o telemóvel faz muita falta!!

 

publicado por hanna às 15:29

28.06.07

 

publicado por hanna às 15:37

Ontem não foste.Não apareces-te!!Compreendo-te.Ou melhor tento compreender.Mas a porcaria das reticências matam-me pá!!Nunca suportei estórias mal contadas ou mal acabadas ou ainda sem finais felizes.E começa-me a parecer que a nossa vai estar numa destas três categorias.A minha vontade é ligar-te,quase que suplicar um café ou o que quer que seja e esclarecer as coisas.Quero ver se consegues dizer-me olhos nos olhos que namoras ou que estás arrependido do que se passou entre nós.A serio que quero!Ontem alguém disse sobre ti:"Oh ele?ele não sabe o que quer!!".É verdade não sabes quem és nem o queres.Tens todos os defeitos e mais alguns.Mas mesmo assim para mim és quase perfeito.Aos anos que és perfeito H.Apesar de todas as dúvidas,de todas as nossas brigas e de todos os meus ciúmes,apesar das tuas conversas de chacha,apesar da tua agenda ocupada(porque é que queres fazer e ser tudo na vida??).O certo é que nem sei ao certo (o certo é que não sei ao certo?) porque sinto isto por ti.Mas sinto.E não sei bem classificar o que é.Reapareces-te na altura errada.Complicas-te tudo.A minha cabeça ficou uma confusão.Baralhas-te o passado e o presente."o outro" mantinha-me ocupada,distraia-me,fazia-me rir.O outro ainda é mais errado do que tu mas é especial.Tanto como tu...não!tu és mais.Mas ele é mais real que tu,está mais presente.Só apareces de vez em quando,ás vezes passo meses sem te ver."longe da vista longe do coração".Não consigo afastar o "outro" nem dizer-lhe que não.E tu não ajudas nada.Ontem a noite estava fria e eu estava gelada.E o concerto nem foi nada de especial.E estava vento.Muito vento.Os papeis voavam e a minha vontade de ali estar não era muita.E o palco era pequeno mas ainda assim achei que havia  lugar para ti.E o autocarro nem ia muito cheio por isso dava bem para conversar.Mas tu não foste!!E Eu?Eu estou irritada!!!

 

 

Discurso directo.Nem sei bem porquê!Não me lês(nem o blog nem a alma).E se por um acaso leres vais jurar nunca o ter feito.Já te conheço tão bem que até doi.

publicado por hanna às 14:52

 

"I think I'm drowning
Asphyxiated
I wanna break this spell
That you've created

You're something beautiful
A contradiction
I wanna play the game
I want the friction

You will be
The death of me
Yeah, You will be
The death of me


Bury it
I won't let you bury it
I won't let you smother it
I won't let you murder it

Our time is running out
And our time is running out
You can't push it underground
We can't stop it screaming out

I wanted freedom,
Bound and restricted
I tried to give you up
But I'm addicted

Now that u know I'm trapped
Sense of elation
You'll never dream of breaking this fixation
You will squeeze the life out of me

Bury it
I won't let you bury it
I won't let you smother it
I won't let you murder it

Our time is running out
And our time is running out
You can't push it underground
We can't stop it screaming out

How did it come to this
Ooooh yayayayayaya
Ooooh yayayayayaya
Ooooh yayayaya oooohh

You will suck the life out of me

Bury it
I won't let you bury it
I won't let you smother it
I won't let you murder it

Our time is running out
And our time is running out
You can't push it underground
We can't stop it screaming out"

 

Our time is running out,MUse



tags:
publicado por hanna às 11:49

26.06.07

 

São nossos.Os nossos momentos são nossos.Podes rezar,pedir,suplicar para que eu os esqueça.Não vai acontecer.São valiosos.São especiais.São meus.São nossos.Inesqueciveis.Os beijos,a pele,a respiração,o cheiro.

Ao H.

(escrito dia 16.06.07)

 

*nome inscrito numa das peças da colecção de joe berardo

publicado por hanna às 22:29

25.06.07

 

asas na mão-lúcia moniz

 

tags:
publicado por hanna às 21:16

E eu ,hanna,pelo poder que me confere este blog,nomeio o dia de hoje como dia dos reencontros deprimentes.Um simples chá/café com uma amiga no dia dos reencontros deprimentes??pois é...hj viu-se de tudo.O amigo euforico,a amiga "bi moka",a ex prof adepta da saude que faz sempre referencia ao meu peso,o "amigo" que nós faz odiar o sexo masculino,o ex da secúndária.Meus amigos hoje houve de tudo!!!

 

E amanha?dia cultural: visitar a exposição de joe berardo no ccb.

 

"Em 24 horas, o dia de inauguração do polémico Museu Berardo são, na verdade, dois, com o antigo Centro de Exposições do Centro Cultural de Belém (CCB) aberto e com entrada grátis noite fora e dia seguinte dentro - fecha às 21h00 de amanhã.

É uma oportunidade para visitar gratuitamente a exposição inaugural do primeiro museu de arte contemporânea a abrir em Portugal desde Serralves, em 1999, mas não será a última. Ainda hoje, durante os discursos de abertura, Joe Berardo deverá anunciar isto: que todos os funcionários públicos portugueses, tal como os sócios de qualquer clube de futebol da primeira liga, terão entrada livre até Dezembro. Serão parte dos 400 mil visitantes que o museu espera fazer por ano.

 

(...)

 

No caso da exposição que hoje inaugura, o convite é para ver 245 obras, cerca de um terço das 862 pinturas, esculturas, fotografias e instalações que compõem a colecção do museu e que, segundo a Christie"s, valeriam 316 milhões de euros no actual mercado da arte.

Segundo o protocolo assinado há um ano entre o Estado e Berardo, até 2016 essas 862 peças ficam no CCB, com a maior colecção de arte moderna e privada do país transformada em museu público, depois de dez anos de negociações interrompidas em que Berardo ameaçou, por diversas vezes, aceitar ofertas no estrangeiro" in http://ww2.publico.clix.pt/

 


publicado por hanna às 20:58

publicado por hanna às 02:05

Continuando a derreter o gelo...
mais sobre mim
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
14
16


27


arquivos
2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2008:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2007:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2006:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO